Resenha: Desejo Proibido - Sophie Jackson

 
Editora Arqueiro
Tradução: Thalita Uba
416 páginas
2015

Linda, rica e formada em Literatura, Katherine Lane, que é filha e neta de senadores, surpreende a todos ao decide dar aulas em uma penitenciária. Quando um detento perigosamente sexy e inteligente desperta sentimentos conflitantes em Kat, ela se vê obrigada a admitir que a grande atração entre os dois foi um dos motivos pelo qual ela decidiu lhe dar aulas particulares.
Apesar dos fortes sentimentos, tudo e todos parecem estar contra os dois e um segredo, guardado por Carter, pode uní-los ou afastá-los definitivamente.

"Por favor, entenda como me sinto. Pode ser que eu me apaixone perdidamente por ele."

Uma atração extremamente forte entre uma professora e um detento, vindos de realidades totalmente diferentes. Ela é uma cidadã exemplar e pertence a uma família de políticos. Ele é um presidiário que, apesar de lindo e inteligente, já fez muitas besteiras na vida. Duas realidades opostas que se cruzam quando Katherine resolve dar aulas em Arthur Kill, o presídio onde Carter está. O que fazer quando essa atração só gera reprovação, mas é praticamente impossível de resistir?



Minha reação ao saber deste livro: "UAU, QUE INCRÍVEL! PRECISO LER!!" (sim, com todo esse desespero haha). Minha reação depois de ler: "Ér... bem... bom... podia ser melhor...."
Desejo proibido é um Young Adult com pegada hot (ou seria um livro hot? Não sei em que categoria encaixá-lo, desculpem), que tem uma premissa simplesmente incrível e logo que foi lançado fiquei empolgadíssima para o ler, sem contar na capa que também é linda e aveludada ainda por cima, contudo parece que uma maldição me ronda, pois sempre que  me animo com um livro do gênero, YA ou Hot, que tem a capa aveludada eu acabo me decepcionando. Bem, superstições à parte (desculpem pelo meu devaneio místico haha), essa história não foi realmente tudo aquilo que eu espera e consequentemente acabei com uma leve decepção.

Vamos começar partindo do ponto de que a história criada por Sophie não é ruim, longe disso, contudo ela não teve um bom desenvolvimento. Toda essa promessa de inovação causada pela premissa não aconteceu como deveria porque o plot não foi bem aproveitado, a trama demorou a tomar uma direção e a coisa demorou a andar, tornando o início do livro demasiadamente lento e até mesmo um pouco entediante.

Os personagens, desde os protagonistas até os secundários e quiçá os terciários, são muito bons, seus conflitos e suas histórias são intrigantes e conseguem prender, além de darem margem a diversas outras possibilidades de acontecimentos que, infelizmente,não foram exploradas. Uma coisa que gostei bastante é a forma como o romance surge. Diferente de outros livro do gênero que já li, aqui a forte e mútua atração física sentida pelos protagonistas não é tratada como amor logo de cara: é uma atração e é tratada como tal. O surgimento de algo mais concreto aparece conforme o desenrolar da trama.

Não há muitas cenas de sexo (por isso minha relutância em classificar esse livro como hot) e as que existem não são muito bem escritas. Sophie Jackson utiliza, não de maneira satisfatória, a linguagem em terceira pessoa e, apesar dos bons personagens, seus diálogos e suas descrições não conseguiram despertar em mim o interesse em saber e ler mais sobre a sua criação.
Entretanto sua narrativa não é de todo ruim, previsível eu diria, mas com grande potencial de amadurecimento.

Os desafios vividos pelo casal tiveram uma resolução fácil e sem grandes surpresas, dando um fim satisfatório onde  não há necessidade de continuações, apesar de ser uma trilogia. Mesmo não tendo sido uma leitura espetacular ainda tenho esperanças na evolução de Jackson, tanto na escrita quanto na criatividade, já que o potencial existe. Basta agora esperar pela continuação.

"[...] -Como está o seu coração?
Ele pegou a mão dela e a colocou do lado esquerdo de seu peito.
-Me diga você[...]
-Está batendo forte.
-Sempre bate forte quando você está perto de mim."

Sobre a série:
Desejo Proibido é o primeiro livro de uma trilogia de mesmo nome. A sequência, Paixão Libertadora, tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2016. Há também um conto entitulado Eternamente Você e lançado gratuitamente em formato digital pela Arqueiro.

8 comentários:

  1. Olá, Larissa, tudo bem?

    Já li outras resenhas sobre até livro mas não me despertou interesse! Na verdade tenho fugido de livros hot, pois a maioria que andei lendo não me surpreendeu em nada, as historias são sempre mais do mesmo, então tenho desanimado de ler, o fato de você não ter se impressionada com leitura apenas confirma algumas de mi minhas ideias, no momento não me sinto animada pra livros do gênero, nenhum tem me chamado atenção mas gostei da resenha e de você ter citado seu ponto de vista.

    Beijos

    Resenha Atual.

    ResponderExcluir
  2. @Resenha Atual
    Oi Ingrid!Tudo bem.

    Infelizmente está mesmo difícil encontrar bons livros do gênero.As ideias até são boas mas pecam no desenvolvimento.Ainda asim,não desisto,já que amo esse estilo de leitura haha.
    Sobre esse livro em específico: ele não e um caso perdido e,como disse na resenha,tenho grandes esperanças de a sequência seja bem melhor.Quem sabe?

    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um romance e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito fã desse tipo de leitura mas se tiver o livro em mão, lerei com toda a atenção. Já li algumas resenhas e comentários sobre ele, muitos elogiando olivro, mas mesmo assim, não despertou em mim o desejo de ler. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  5. @Milena Soares
    Oi Milena!
    Leia sim.Nada melhor do quer ler e tirar suas próprias conclusões.Espero que seja uma boa leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. @Maristela G Rezende
    Oi Maristela!
    Eu adoro este gênero,mas também leio o que tiver em mãos.As vezes pode ser uma boa surpresa,não é?
    Fico feliz que tenha gostado.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir
  8. @Um Container
    Olá!

    Se sente vontade leia sim, pode ser que seja uma leitura mais feliz para você do que foi para mim,quem sabe?
    Fico muito feliz em saber que gostou do blog. Espero que venha sempre nos ver.
    Beijos!

    ResponderExcluir