Resenha: O Retrato da Condessa - M.S Fayes

 
Editora Qualis
168 páginas
2015

Laura é uma jovem que está viajando por Londres com suas amigas. Hospedada em um charmoso hotel, ela não esperava encontrar em seu quarto um homem elegante e de porte aristocrático que parece ter vindo de outro século.
Vicent Kildare, Conde de Lilwith, não consegue acreditar e muito menos descrever os eventos que está vivenciando. "Inacreditável " daria uma ideia.
Passado e futuro se juntam de maneira impensável, resultando num amor que nem o tempo pode apagar.

"Vou. Mas deixo meu coração contigo por toda a eternidade. Meu amor por você será atemporal."

Vincent Kildare é considerado um libertino e, ao mesmo tempo, um excelente partido por ser o Conde de Lilwith, por isso sempre que pode ele foge das moças com quem deveria dançar nos bailes. E é exatamente o que ele faz no baile do seu amigo, o Visconde Lincoln Bursbank, ao se retirar para um dos aposentos para dormir até que sua dor de cabeça passe, mas não sem antes parar no corredor e ajeitar o quadro de uma linda moça correndo no campo que estava torto. Kildare vai para o quarto e sua merecida soneca, só que logo depois, acorda no século XXI.
"Ué, ele desentorta o quadro e vai pro futuro?" Sim, exatamente! Como? Não faço a mínima ideia, mas é assim que tem início o livro de M.S. Fayes, que nos traz 168 páginas de puro romance e diversão.



Toda a história acontece de forma rápida demais: apesar do início pouco estimulante, a aceitação dos acontecimentos e coisas improváveis, o romance, os contra tempos, as resoluções... Toda essa rapidez resultou em muita coisa mal explicada, como por exemplo, o caso do quadro que transporta para o futuro. O livro acabou e eu fiquei sem respostas para os mistérios apresentados.

Fayes escreve de maneira leve e gostosa e aqui, fez a interessante escolha de alternar sua narrativa entre uma mais formal e rebuscada, usada para Vicent, e outra mais simples e atual, usada para Laura, evidenciando a diferença entre os tempos em que ambos vivem.
Laura, que no seu tempo é bem desbocada, chata e desmiolada, ao viajar no tempo torna-se mais madura e interessante, dando um "up" gigantesco na trama.

Vale ressaltar que, originalmente, O Retrato da Condessa era um conto, publicado de forma fragmentada no blog da autora, em que os leitores opinavam e davam palpites sobre o rumo das cenas. Os leitores gostaram e assim, ela obteve o interesse de uma editora em publicá-lo em formato físico. Ainda assim, acho que a história de Laura e Vicent merecia algumas páginas ou capítulos a mais e uma maior atenção na revisão e edição, pois tanto a obra quanto a autora são promissoras, só precisam ser melhor trabalhadas.

8 comentários:

  1. Parece interessante, gosto de romances de época, muito legal a ideia da autora publicar no blog e solicitar opiniões dos leitores.


    www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
  2. Ai... Fiquei curiosa e ansiosa para lê-lo ainda mais sabendo que palpites de leitores "normais". Você não aceita realizar uma TROCA de Livros? Visite meu Blogger e veja se interessa por algum livro disponível. http://trocarlivro.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Faz tempo que não leio um romance de época, mas sempre gostei :)
    Obrigada pela dica de leitura!
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  4. Oi Larissa, tudo bom ? Eu já conhecia o livro e confesso que to meio "fugindo" de livros de época haha Mas a capa dele é linda d já tinha cogitado ler ele, lendo sua resenha acho que vou dar uma chance, mesmo com você dizendo que algumas coisas ficaram mal explicadas*_*

    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  5. @Tainan Barboza Generoso
    É bem legal mesmo Tainan e bem divertido haha.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. @Ana Paula Crispim
    Lia sim Ana,é um livro super divertido!
    Infelizmente não tenho nenhum livro para trocar no momento,desculpe.

    ResponderExcluir
  7. @Tatiana Castro
    Oi Tatiana!
    Romances de época são bons demais e fico feliz que tenha se interessado pelo livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. @Sarah Fernandes
    Oi Sarah!
    O livro é tão leve,divertido e gostoso que mesmo essas coisas mal explicadas não atrapalham.Pode ler sem medo.

    Beijos!

    ResponderExcluir