Resenha: O Musical - Gustavo Majory

 
Editora Meus Ritmos
80 páginas
2016

Alan é um garoto de dezesseis anos que detesta futebol e nunca se apaixonou por uma garota. Nascido e criado em uma pacata cidade do interior do Espírito Santo, o rapaz vê sua vida mudar ao ser obrigado a morar com a sua madrinha, Gabriella, no Rio de Janeiro, levando na bagagem um segredo sufocante.

A história de Alan não vai muito além do que lemos na sinopse: um adolescente comum que se vê obrigado a mudar de cidade por razões além do seu controle. Admito que eu não esperava muito desse livro em razão da sinopse, o que até então estava bem pois já li diversos outros que também não iam muito além da proposta inicial e ainda assim conseguiram me proporcionar uma boa leitura. Entretanto, não imaginei que  o conjunto fosse me desagradar, muito menos que o meu desagrado em relação a ele teria tal proporção.



A narrativa de Gustavo é rápida, todavia não consegui definir se este ponto é positivo ou negativo, pois ela proporciona uma leitura rápida que, entretanto, não é fluída. Escrito em terceira pessoa, seu texto é um tanto quanto imaturo, suas cenas nadam no clichê e os diálogos deixam a desejar. Seus capítulos, na maioria, terminam de uma forma muito abrupta, o que me deixava ligeiramente confusa.

Por ser uma história em que os personagens se envolvem com música, o autor colocou canções que seriam cantadas pelos personagens no meio das cenas, bem ao estilo musical, o que, particularmente, achei uma ideia não muito eficiente pois, diferentemente de um filme, o entendimento de que tal personagem deixou de falar para começar cantar não é imediato e me causou muita estranheza.

Os personagens são rasos, o que é compreensível até certo ponto se avaliarmos a quantidade de páginas em questão, apesar de o autor ter tentado colocar certa dramaticidade na trama. Houve pouquíssimos momentos em que consegui sentir certa empatia pelo protagonista, ainda mais raros foram os momentos em que me senti cativada pelos demais personagens. Em contraste a isso, duas personagens citadas no início do livro chamaram a minha atenção a ponto de atiçar a minha curiosidade a respeito delas. Me atrevo a dizer que, se bem trabalhadas e com uma história bem elaborada, Ruama e Kellen teriam muito a dizer aos leitores.

A edição digital do livro contém diversos erros de digitação e concordância verbal que me deixaram bastante agoniada.

Inicialmente uma releitura de High School Musical (fato desconhecido por mim até a finalização da leitura), O Musical sofreu modificações para que pudesse ser publicado como um livro, entretanto as semelhanças com o filme, sejam nas cenas, diálogos, nomes e/ou características dos personagens, ainda existem e são claramente visíveis ao leitor. Para mim, essas semelhanças foram extremamente desagradáveis pois eram grandes e constantes demais. Além disso, na minha visão, as mudanças feitas na transição não foram suficientes para que a trama ganhasse uma identidade própria, deixando difícil pensar na história de Alan como algo que se destaque dos demais.

Notinha ao leitor:
Relendo a minha resenha fiquei com a sensação de ter sido uma leitora crítica demais, contudo, apesar do meu temor em desagradar o autor, que é nosso parceiro, ou algum leitor do blog, em nenhum momento abri mão do meu princípio de ser sempre o mais sincera o possível em minhas opiniões, afinal, creio eu, quando lemos a resenha de um livro é porque queremos saber a opinião sincera e real de quem o leu para termos uma pequena noção do que esperar. Ainda assim, tenha em mente que a minha opinião não é absoluta e você pode, e deve, discordar dela se achar necessário (sem esquecer o respeito e a educação com o coleguinha) pois, o que não funcionou para mim pode funcionar para você, assim como o contrário.
Ademais, agradeço a sua visita e te desejo ótimas leituras. ❤

21 comentários:

  1. Nossa, gostei muito da resenha! É a minha cara haha preciso ler ele. Gostei muito da sua sinceridade Flor.
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Mds, erros de digitação. Mal revisão. Não suporto. Já desisto do livro por isso. Mas de fato, com tantos pontos negativos fica dificil querer ler. Não curto muito livro curto demais justamente por esse fato dos personagens não serem trabalhados direito. Já fico com um pé atrás. Que triste q a leitura foi tão ruim.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua sinceridade, isso é difícil em resenhistas que escrevem sobre o livro de um autor parceiro. Resenha ótima, até me deu uma curiosidade em conhecer a história, para conferir tudo, rsrs. Livros curtos geralmente deixam a desejar em alguns pontos,mas futuramente tentarei lê-lo. Bjs

    Marcinha
    www.eupraticolivroterapia.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ola Lindona a sinopse em si já não me chamou atenção, sobre os pontos ressaltados em sua resenha é uma pena que o autor não conseguir passar as emoções a seus personagens com isso deixando a leitura pesada sem fluidez. Parabéns pela sinceridade sempre. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A capa do livro e o título me chamaram bastante a atenção, porém a sinopse e a resenha fizeram totalmente o oposto. E concordo com você que deve ser mantida a sinceridade e claro com bastante respeito, e isso é o que vemos em sua resenha.
    O esquema agora é pensar se leio ou não rsrs
    Mas acredito que não, pois já não sou fã de musicais e isso no meio do livro acho que para mim é demais.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, o livro pela sinopse já me desanimou e sua resenha, que achei sincera e eu gosto disso em resenhas só me mostrou o que desconfiei, que é um livro com trama fraca e superficial. E erros de digitação e revisão não, isso não admito. Passo esse livro, não lerei.
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Essa sua resenha tem uma sinceridade incrível, nota-se que você se preocupa passar o melhor para o seus leitores e vejo que você fez uma analise bem profunda, mas confesso que vou passar esse livro.

    ResponderExcluir
  8. Oiii, como vai?
    Menina eu me irrito de ler edição digital e ainda mais com esses erros de concordância, quase voo pelas paredes, mesmo assim eu adoraria ter a oportunidade de ler, ele é pequenino e isso me atraiu.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá, creio que sinceridade é indispensável, assim como sempre opiniões podem varias, por exemplo: eu amei o último livro que resenhei e vi pessoas que não gostaram dele, mas pontos que essas pessoas não gostaram, a mim, não incomodaram, isso varia de leitor para leitor mesmo. Ainda não conhecia o livro, achei a capa bonitinha.

    ResponderExcluir
  10. Ai, tão chato quando isso acontece, né? Mas você mandou super bem, temos que ser sinceras sim, mesmo o autor sendo parceiro. Acho que o pior é vc mentir, então, por mais que seja chato para ambos os lados, mandar a real é sempre a melhor saída.
    Bjk

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Nunca tinha ouvido falar no livro antes, mas assim que vi a capa e li sua resenha a premissa já nos deixa claro que é um livro para ler em uma tarde para passar o tempo mesmo.
    Eu leria por esse motivo, por ser um livro com uma premissa gostosinha, mas nada além disso chamou muito minha atenção.

    ResponderExcluir
  12. Bom, eu não conhecia o livro mas mesmo que eu não tivesse lido a sua resenha, eu já não me interessaria por ele pois não é um tipo de livro que eu procure para ler. A premissa não me conquistou e ao ver a sua resenha, percebi que talvez eu tenha as mesmas impressões que você, então prefiro nem ler.

    ResponderExcluir
  13. Sou administradora da página "Apaixonada por palavras" e recebi o livro para resenhar também, acho que a blogueira não entendeu a proposta do autor, uma vez o livro foi escrito para meninas de 10 a 14 anos. Creio que a blogueira deveria reler o livro, para entender melhor a proposta.

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Não conhecia a obra e embora o enredo pareça interessante, suas considerações sobre o livro me deixaram com o pé atrás, porque também não iria ficar satisfeita com o que você mencionou. Ainda assim, achei maravilhosa a sua opinião sincera sobre a obra.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  15. Olá, estou muito feliz com a sua sinceridade, acho muito dificil fazer resenhas de parceria por causa disso, as vezes não gostamos tanto do livro e fica meio assim para falar, mas agora criei coragem pois mesmo falando de tantos pontos negativos sua resenha está ótima e pode ajudar o autor a fazer algo muito melhor da próxima vez, beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi. Nunca me importei muito com a quantidade de páginas em uma obra, mas Sr, encontro qualquer erro, já me desanimo bastante em continuar a ler. Por isso vou deixar passar dessa vez.

    ResponderExcluir
  17. Eu tenho muita dificuldade em escrever resenhas quando o livro não me agrada. É complicado porque sei que posso influenciar pessoas a abandonar o livro, sendo que pode agradar a elas, já que gosto é gosto. Mas sempre escrevo, porque também acredito que devo ser honesta. Assim como você, tomo cuidado para não ser crítica ao ponto de ofender, porque ai já não é crítica ne? Parabéns pela sutileza.
    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  18. Oii, a história parece ser bem bacana!! Mas não me interessei pela mesma, pelo menos no momento. Mas anotei o nome do livro para a minha lista.

    beijos

    ResponderExcluir
  19. Oie
    nossa, que pena que os personagens são tão rasos, isso realmente incomoda mesmo e que pena que não foi uma leitura tão boa para você, ótima resenha e bem sincera

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem??

    os personagens podem ser rasos, mas se forem construídos de maneira crível, tudo certo...

    Gostei da sua resenha, o livro pareceu bem interessante. Pareceu o tipo de leitura perfeita para relaxar depois de um dia estressante.

    bjss

    ResponderExcluir
  21. Ooi! Entendo completamente seu sentimento sobre a sinceridade. Creio que um leitor sempre deve ser sincero consigo e com os futuros leitores da obra resenhada. Não adianta passar uma imagem "perfeição" se o livro não agrada a pessoa, se não chegou perto das nossas expectativas. Muito boa a resenha! Eu não sei se a leitura fluiria comigo, pois não leio exatamente histórias nessa pegada. Sucesso ao blog e continue assim, pois você expressou sua opinião de maneira respeitosa e com argumentos bem válidos!
    Bjs

    ResponderExcluir