Resenha: A Escolhida - Amanda Ághata Costa

Editora Arwen

452 páginas

2015

Ari é uma jovem atraente e de feições delicadas. Entretanto, ninguém imagina que ela é um anjo sedenta por sangue e que gosta de atrair pessoas para matá-las com seu arco e flecha para depois provar de seu sangue. Por ser um anjo na Terra, ela logo é capturada e levada ao Círculo, lugar onde moram os feiticeiros. Agora refém, Ari é percebe que tudo que era convicta e tinha como verdade pode não ser tão verdade assim, quando descobre um lado de si mesma que era totalmente desconhecido, onde pode amar e ser amada. Ela precisa descobrir então qual lado dela reinará, onde ela finalmente pode sentir, ou onde ela continuará destruindo a tudo e todos.

“Sozinha, eu sou melhor que vocês todos unidos.”

A Escolhida é o primeiro livro lançado pela autora Amanda Ághata Costa e consequentemente, meu primeiro contato com a escrita dela. Confesso que pela sinopse, não fazia ideia de como a história se desenrolaria ou até sua abrangência e devo dizer que todo o conjunto foi muito agradável.
Ao começar pela escrita, a de Amanda é deliciosa. É envolvente e muito bem feita, cheia de metáforas e frases belíssimas que me fizeram marcar o e-book todinho (e foi difícil escolher apenas duas pra pôr aqui). Além disso, por ser narrado em primeira pessoa, os leitores acompanham e têm as mesmas dúvidas que a protagonista. Um fato que eu particularmente achei curioso é que sempre que eu tinha uma pergunta e me questionava mentalmente, ela era sanada umas páginas depois. A autora escreve de forma a induzir a curiosidade, mas sem enrolar para nos dar algumas respostas. Ainda assim, a leitura pode ser meio lenta nos primeiros capítulos, onde eles são muito extensos. A partir de certo ponto, a leitura fluiu melhor, sem ter capítulos rápidos ou longos demais. Também tive certa dificuldade em imaginar os ambientes retratados, mas nesse caso, acho que foi falha minha, onde uma hora imaginava que o ambiente era algo mais medieval, e em seguida, eram descritos carros e avenidas.

Os personagens também são, em sua maioria, bastante amáveis. Ariali, a protagonista, é particularmente surpreendente. Sua personalidade é algo totalmente diferente do que vemos nas protagonistas por aí. Ela é badass, mas de um jeito realmente ousado, onde demonstra sua revolta e não leva desaforo para casa. Logo, a leitura já ganha um novo frescor com tamanha diferença se comparado a outras obras que li, mesmo que muitas vezes ela acabe sendo imatura por não saber lidar com os novos sentimentos. Ela também faz um par convincente e extremamente foto com Luke, que não ganhou meu coração, mas que é o garoto dos sonhos de muitas garotas. Particularmente Vincy foi minha personagem favorita, pois foi a que mais me identifiquei. (ainda que na parte de festas e bebedeira ela seja o oposto de mim!)

“Um detalhe tão pequeno nos mostra que, por mais que seja a escuridão presente no mundo ou especificamente em cada criatura, sempre haverá uma fagulha de esperança. No centro, por mais imperceptível que venha a ser, ela está ali silenciosa... Esperando por sua fuga.”

Ao meu ver, há duas mensagens principais que a autora quis passar. A primeira, é que toda e qualquer pessoa possui os dois lados; cabe a ela seguir o que acha mais válido. Nenhuma pessoa é inteiramente boa ou má, todos cometem erros, possuem falhas e podem fazer algo bom por alguém. Independente de quem ela é ou julga ser. E Ari é a perfeita combinação sobre o que Amanda A. Costa quis passar.
O outro ponto, diria eu, é sobre uma sociedade que não tem liberdade alguma de escolha, basicamente ditadorial. Onde pede-se solenemente que não se faça. Mas caso faça, morre. Ao longo de toda a obra, Ari narra sobre como Egran, o mestre do Círculo, manda e desmanda e obriga os outros a realizarem suas vontades. Foi uma crítica sutil, mas ainda assim, presente.

A história termina em aberto, para ser continuada quase que prontamente no próximo volume. O final foi satisfatório, respondendo parte das possíveis dúvidas cruciais dos leitures. Por outro lado, deixa mais uma porção de questões em aberto, como por exemplo como será a relação com Vincy e se um dos personagens que apareceu logo no final ganhará mais destaque.
A Escolhida mostrou-se um romance bem elaborado, mesclando com sucesso a fantasia e várias criaturas míticas, sem que se tornasse cansativo ou repetitivo. Além disso, é uma história criativa e original, sem semelhança com as que vemos por aí, logo, extremamente recomendado para quem gosta do tema. Aguardo agora ansiosamente pela continuação, e espero que não demore a chegar.

Sobre a série:
A Escolhida é o primeiro livro da saga que leva o mesmo nome e foi lançado em 2015. O segundo livro, A Subestimada, está em processo de finalização e será lançado ainda esse ano.

29 comentários:

  1. Oi Camila!
    A escolhida é ótimo ne?
    Li o livro no ano passado e gostei bastante. Inclusive, a Ari é tão irritante quanto o personagem do meu livro, Alexander.
    Quis muito bater nela. Tadinho do Luke, por aguentá-la.
    Espero que tenha gostado da leitura.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha lido uma outra resenha desse livro e tive uma visão diferente da história, já tinha descartado. Porém ao ler sua resenha, senti vontade de ler. Uma pena ter tantas leituras na frente dessa... Mas quem sabe caia nas minhas mãos uma oportunidade de ler... Beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Algo nesse livro não me atrai. Tentei ler uma vez, mas algo não deu certo entre eu e o livro, estou aguardando um momento em que eu esteja melhor para que o livro seja bem digerido.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Estou curiosa para ler o livro, já conheço a autora a algum tempo, ela foi parceira do meu blog em 2014 se não estou enganada, mas ainda não tive a oportunidade de conferir sua escrita, a premissa do livro é muito boa e acho que vou curtir. Sua resenha ficou ótima. E romance e fantasia não tem como dá errado né?

    ResponderExcluir
  5. Ola Camila há tempos pretendo ler esse livro, a sinopse do livro e muitos elogios chamam minha atenção, nada como uma escrita direta sem enrolação que aguça a curiosidade do leitor dando as respostas a seguir, a capa está linda, pretendo ler ainda esse ano. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Ainda não li esse livro da Amanda, embora minha resenhista tenha lido e ficado encantada com a história. Adorei a premissa desta obra e a autora é um amor de pessoa também, o que nos impulsiona a querer conhecer sua história.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho esse livro no meu Kindle a séculos, mas nunca tenho tempo para colocar a leitura em dia. No entanto, oportunidade não me faltará u.u
    Aliás, eu leria qualquer coisa escrita pela Amanda, somente por ela ser uma pessoa muito querida.

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila!
    Essa primeira resenha que leio sobre esse livro, mas sempre tenho visto o pessoal comentando sobre ele por ai!Eu particularmente gosto de personagens mais ousada, que tenha uma personalidade mais chamativa, eu não conhecia nada sobre a estória mas a premissa e os elogios e tanto que você destacou sobre os personagens me deixou curiosa.Agora eu preciso dizer que acho um amorzinho essa capa:) que bom que gostou da leitura, como sempre estou atolada de livros mas eu sempre anoto os nomes para ler depois.

    Beijinhos

    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  9. Oi, Camila!
    Eu já li uma resenha sobre este livro e fiquei muito curiosa para saber o resto da história. Ainda não deu tempo de ler. Mas, está na lista para as próximas leituras! Um abraço,
    Drica

    ResponderExcluir
  10. Oi, Camila!
    Eu já li uma resenha sobre este livro e fiquei muito curiosa para saber o resto da história. Ainda não deu tempo de ler. Mas, está na lista para as próximas leituras! Um abraço,
    Drica

    ResponderExcluir
  11. Oi, Camila! Eu já tinha ouvido falar da autora, mas, se me recordo bem, esta é a primeira resenha que leio de obras dela. Achei interessante e promissor. Como não se trata do estilo que geralmente prefiro ler, vou pesquisar mais um pouco. Obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Conheço o livro, mas ainda não li! Na verdade não é muito o que gosto de ler, mas vi só comentários positivos sobre ele! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  13. Oie tudo bem?!? Eu já diversas resenhas sobre esse livro mas ainda tive a oportunidade de ler.
    Mas pelo que você nos contou, tenho certeza que vou curtir a leitura.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Realmente, a sinopse é curiosa e naõ dá muita dica do que esperar exatamente, mas não é a primeira resenha que vejo a respeito da obra elogiando o desenvolvimento e escrita.

    Está anotadíssimo. :)

    ResponderExcluir
  15. Estou ansiosa para ler este livro, gostei bastante dos pontos apresentados por você, concordo que não tem ninguém totalmente mal e nem totalmente bom, é uma questão de escolhas. Gosto bastante de personagens "humanos" por assim dizer.

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Ainda não conheço a escrita da Amanda, mas estou com esse livro na minha lista de próximas leituras e fico feliz em saber que a autora instiga nossa curiosidade com sua escrita.
    A premissa é bem interessante e confesso que já no primeiro quote fiquei boquiaberta rsrs
    É bom saber que foi um final bem satisfatório mesmo deixando ganchos e pontas soltas para o próximo volume.
    A capa é linda e adorei saber suas impressões.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  17. Oie tudo bem?
    Eu necessito desse livro urgente, em todo blog que eu vou tem resenha dele acredita!
    Me apaixonei ao saber que a mocinha, não é aquelas bobas, que chega a ser idiota...
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. É importante que alguns fatos sejam esclarecidos, para que o leitor não fique totalmente perdido, assim como também é importante que algumas dúvidas sejam levadas para os próximos volumes. Que bom que houve isso e de forma satisfatória.
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Oi
    Parabéns pela resenha, tenho vontade de ler a obra para conhecer a escrita da autora, no geral, o enredo não chama tanto minha atenção, mesmo assim quero ter a oportunidade de ler e quem sabe me surpreender.

    ResponderExcluir
  20. Olá Camila, tudo bem?

    Eu já li uma resenha desse livro, mas tempo muito tempo e pela sinopse não dá para saber muito sobre a obra. Parabéns pela resenha, ficou ótima e me deixou curioso e com vontade de ler a obra, porém no momento não dá devido os livros que preciso ler das editoras parceiras.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  21. Oiii Camila, tudo bem?
    Menina eu to apaixonada por esse livro da autora, eu tenho ela no facebook e estou adorando a quantidade de novidades que ela está sempre trazendo, a sua resenha ficou incrível e encantadora, lerei com toda certeza!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  22. Gostei bastante da capa, mas a premissa não me chama muito atenção, já não gosto muito de histórias de anjos, e esse fato de ser um anjo arqueiro e canibal já tira alguns pontos também kkk

    ResponderExcluir
  23. Oi Camila.
    O livro ser recheado de frases bonitas é algo que me atrai bastante.
    As mensagens que a autora passa são muito pertinentes e muito atuais também.
    Ainda bem que a autora não deixa muitas coisas sem responder e termina com um final satisfatório. É horrível quando temos que esperar o próximo livro para termos respostas.
    Abraços.
    Blog Impressões de Maria

    ResponderExcluir
  24. OIii!

    Eu adorei ter lido esse livro há mais de um ano! Estou ansiosa para o lançamento do segundo... o final é de tirar qualquer um do sério né? Eu adorei!
    Gostei de reviver essa história com sua resenha!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  25. Olá !!! Estou curiosa para ler o livro, e também a continuação.
    Gostei bastante da sua resenha, dá ainda mais vontade.
    muito sucesso, bjoooooo

    ResponderExcluir
  26. Que livro interessante e surpreendente, pela sinopse eu confesso que também não teria ideia do quao agradavel seria, apesar de se tratar de uma fantasia ele traz licoes importantes assm como você falou, todo mundo tem a opção de escolher o que quer seguir. Gostei da sua perspectiva, ah e amei o design do teu blog, eu amo gatos kkk. Um beijo !

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Gostei da sua resenha e que bom que curtiu o livro!
    Tentei ler ele já mas não rolou :/
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi Camila, tudo bem?

    Faz tempo que quero ler esse livro e conhecer melhor a escrita da Agatha, só estou esperando oportunidade. Gostei de saber que a autora aborda esse lado de que todos temos um lado bom e ruim e cabe a nós mesmos escolher o que seguir. Não sabia que o livro teria uma continuação, então já vou correr para ler esse antes do próximo lançamento. Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  29. Olá,

    Já li várias resenhas desse livro, e mesmo eu querendo lê-lo desde que lançou, ainda não consegui a oportunidade para lê-lo. Adoro livros com uma pegada sobrenatural e esse me parece ser diferente dos demais que já li e estou acostumada. Achei essa capa meio etérea, será que tem haver com a história?

    ResponderExcluir