[HQs #4] Ms.Marvel: Nada Normal - G. Willow Wilson e Adrian Alphona

A HQ de hoje é uma história que me chamou a atenção desde que eu soube da sua existência por conta da sua aparente originalidade em meio a um contexto já conhecido pelos apreciadores de histórias em quadrinhos.



Kamala Khan é uma garota comum de New Jersey até que subitamente ganha dons extraordinários. Mas quem é realmente a nova Miss Marvel? Adolescente? Muçulmana? Inumana? Saiba a resposta conforme ela toma de assalto o Universo Marvel! Ao descobrir os perigos associados aos seus recém-descobertos poderes, Kamala precisa lidar também com o segredo que existe por trás deles. Estará a jovem Miss Marvel pronta para utilizar seus imensos dons? Ou o peso do legado que tem a carregar será mais do que ela pode aguentar? Nem a própria Kamala sabe ao certo, mas New Jersey que se prepare, pois a Miss Marvel chegou para ficar!

Lançada em 2015 pela Panini Comics em parceria com a Marvel, Ms. Marvel traz uma heroína repaginada que vai muito além do que aparenta. Com 132 páginas, a Panini reuniu em um único volume as cinco primeiras histórias da personagem, divididas em partes que vão de 1 a 5, e mais uma pequena história de apresentação em edições que possuem a versão capa dura e brochura. À primeira vista muito bonita, a edição nacional na verdade deixa um pouco a desejar por conta de alguns erros que careceram de maior atenção: algumas páginas borradas, outras com a impressão desfocada ou apagada e duas partes nomeadas com o mesmo título (a parte quatro e a cinco vêm nomeadas como "Parte Quatro de Cinco").

Se a edição deixou a desejar, por outro lado a história de Kamala Khan, uma adolescente nerd de dezesseis anos, viciada em vídeo games e muçulmana que adquire super poderes após ir escondida à uma festa na qual não tinha permissão para ir, é mais do que bem feita. A começar pela própria protagonista que normalmente seria não mais do que uma personagem secundária; aqui ela é, acertadamente, o centro das atenções.

Willow Wilson nos apresenta um roteiro tradicional, onde vemos Kamala lidando com suas inseguranças adolescentes enquanto desvenda seus poderes, cheio de referências aos Vingadores, que por sua vez são meros coadjuvantes, e elementos típicos da cultura islâmica que tornam a trama singular além de personagens auxiliares mais do que interessantes.Por sua vez, Adrian Alphona traz ilustrações mais do que belas, ricas em expressões e lindas de se ver, contudo sem sair muito dos traços tradicionais das HQs.

Ms. Marvel é uma história de herói adolescente daquelas já conhecidas mas que inova ao dar destaque a culturas e nacionalidades que antes não teriam tamanho espaço em tal publicação, enriquecendo a narrativa de Kamala com temas como religião e conflitos culturais.

Aqueles mais conhecedores do mundo dos heróis devem estar pensando que a Ms. Marvel já existe e nada tem haver com uma adolescente nerd. Sim, vocês estão certos, Carol Danvers aqui (a antiga, por assim dizer, Miss Marvel) nada mais é do que uma pequena, embora importante, participação na criação dessa personagem que vai além da repaginação.

De linguagem simples e bem humorada, Ms. Marvel é um quadrinho divertido e agradável de se ler que entretém enquanto aborda assuntos de relevância e gera reflexões. Um título que vale muito a pena ser lido por qualquer um que goste do gênero, de uma super-heroína que chegou para ficar.

4 comentários:

  1. Oi Larissa, não sabia deste HQ, e com certeza vou querer ler se tiver a chance. Tirando o nome dos subtítulos iguais, acho que o restante foi um problema em separado de impressão.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. e n tenho costume de ler hq, o que eu vivo tentando sair disso, mas eh uma coisa mais forte que eu kkkk um dia vai!
    eu adorei a historia da willow, eu adoro super herois entao isso influencia dms

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lari, tudo bem? Eu ainda não tive a chance de começar a ler HQs, mas sei que quando começar eu vou gostar bastante. Embora eu não goste de super heróis (talvez por serem sempre as peças, onde ele salva a todos), essa me parece uma boa sugestão pra começar, já que o anonimato de um inumano pode me instigar a querer saber mais sobre ele. Ótima resenha. Beijocas :)

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Sou totalmente leiga quando se trata de HQ's, até hoje só li uma em toda minha vida é mesmo assim não curti tanto haha. Contudo, sou fangirl dos filmes da Marvel e quem sabe não curta essa HQ. Eu gostei muito da premissa da história, e mesmo os problemas na edição não me incomodaram tanto. Dica anotada e espero ler muito em breve.

    ResponderExcluir