Resenha: Fração de Segundo - Kasie West

Editora Seguinte
Tradutora: Flávia Souto Maior
320 páginas
2016

Atenção: Por se tratar do segundo livro da duologia, contém spoilers do volume anterior. Leia a resenha de Encruzilhada.

Addie tem a habilidade de investigar futuros, caminhos que ela pode seguir, decidindo o que será melhor. Após o divórcio de seus pais, Addison decide ficar com a mãe no Complexo para evitar algo terrível do outro caminho, mesmo que para isso, ela tenha que passar por algumas traições. Ao passar por isso, também, ela resolve passar uma temporada na casa do pai, que agora vive fora do complexo. É onde conhece Trevor, um garoto extremamente familiar, e que faz seu coração bater de forma estranha, mesmo que mal o conheça.
Enquanto isso, sua melhor amiga, Laila, esconde o segredo de que pode recuperar as memórias de Addie; ela só precisa desenvolver mais suas habilidades e para isso, precisa contar com a ajuda de Connor, um garoto fechado que guarda muitos segredos.

Finalmente tive a oportunidade de concluir a duologia de Kasie West. Pra quem acompanha o blog há um tempo já, sabe que ela virou uma autora queridinha depois de Encruzilhada e o romance Namorado de Aluguel. Confesso que estava com certo receio de ler Fração de Segundo, porque o primeiro volume termina muito bem apesar das pontas soltas, então não tinha muita ideia sobre como West poderia conduzir a trama. Felizmente, fui não tão surpreendida positivamente.

"Ele mal me conhece. A ideia me deixa arrasada. Porque eu o conhecia. Sabia tudo ao seu respeito. Do sorriso fácil a como sua mão deslizava pelo papel quando ele desenhava. O timbre de sua voz, o tom exato da cor de seus olhos, a sensação de sua respiração em meu rosto. E as lembranças eram tão reais quanto ele."

De forma a atrair os leitores e mantê-los presos na história, West faz uma mudança de narrativa no segundo volume. Enquanto no primeiro a história toda é narrada por Addie, em Fração de Segundo a personagem Laila torna-se tão protagonista quanto, onde os capítulos permanecem narrados em primeira pessoa, mas agora são intercalados entre as duas. Dessa forma, há não só o ponto de vista de ambas sobre determinada situação, mas uma visão sobre como está a vida no mundo normal, com Addie, e a vida no Complexo, com Laila.
Adicionado a isso, temos novamente a escrita leve e viciante de Kasie, que consegue fazer com que a leitura seja fluída, rápido e fácil de ser assimilada.
Outra diferença que é extremamente agradável é a mudança de "ares" trazida ao segundo volume. Enquanto em Encruzilhada o plot era sobre o caminho que Addie deveria seguir e o romance em que ela acaba se envolvendo com Trevor, Fração de Segundo há muito mais ação e movimento, já que é o momento em que Addie já escolheu e seguiu seu caminho, e agora precisa lidar com revelações e segredos, além de um desenvolvimento estranho de sua habilidade.

Dessa vez, o ponto falho está justamente na conclusão de algumas partes da história. O final é quase todo aberto, e alguns personagens ficam sem um final, enquanto outros que chegam a aparecer durante a obra, são esquecidos, como Bobby. Por fim, uma situação pela qual Laila passa foi completamente esquecida pela autora, algo que me incomodou bastante.
Entretanto,

Portanto, Fração de Segundo foi uma continuação a altura do primeiro volume, porque caminha focando mais na ação e não no romance, ainda que mantenha-se fielmente à essência de Encruzilhada. Recomendado pela escrita deliciosa da autora e trama bem desenvolvida de forma original. Aguardo agora a oportunidade de ler o novo livro da autora no Brasil, A Distância Entre Nós (Verus).

Sobre a duologia:
Fração de Segundo é o segundo livro da duologia de Kasie West, cujo primeiro volume chama-se Encruzilhada.

14 comentários:

  1. Olá
    Eu li diversas resenhas a respeito da primeira obra (Encruzilhada) mas essa é uma das poucas que leio a respeito de sua continuação. Acho que iria amar essa duologia e pelo que li em sua resenha as obra estão em um nível bem legal. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?

    Já li várias resenhas tanto desse livro quanto do outro, mas infelizmente eles não despertam meu interesse para realizar a leitura deles, mas não nego que acho a capa dos dois lindas, mas não passa disso!

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cá.
    Eu me lembro de quando o primeiro livro foi lançado, mas estava com muitos livros na pilha e não me animei a ler. Mas agora que já saiu esse livro e é só uma duologia, fiquei tentada a dar uma chance!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Como eu tenho dificuldades com livros com esta temática, tive problemas ao "embarcar" na ideia da duologia, quando li os dois livros. Mas foi problema meu, não da série. A autora usa um bom arsenal de ideias na sua história e faz com que a gente se preocupe com os personagens, como você deixou claro no seu texto. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Adoro livros com ritmo bom de leitura e esse parece ser desse tipo, com uma escrita viciante, rápida, leve e fácil. Quando tem muita ação e movimento às vezes costumo ficar um pouco perdida, mas alguns autores realmente fazem isso com toda maestria. Que pena esse ponto falho no final, realmente um personagem ficar sem um final é algo bastante complicado, quando são vários então, dá a sensação de que a leitura não valeu a pena.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Adoro livros com ritmo bom de leitura e esse parece ser desse tipo, com uma escrita viciante, rápida, leve e fácil. Quando tem muita ação e movimento às vezes costumo ficar um pouco perdida, mas alguns autores realmente fazem isso com toda maestria. Que pena esse ponto falho no final, realmente um personagem ficar sem um final é algo bastante complicado, quando são vários então, dá a sensação de que a leitura não valeu a pena.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    EU adoro essa história!
    Os dois livros são maravilhosos, e a narrativa da autora é deliciosa, daquela que quando começa não consegue mais parar.
    Um dos melhores livros que já li.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Oi, Camila
    Nossa, finais abertos para vários personagens não me agradam. Um ainda vai, se fica algo no ar, mas mais de um? E pelo jeito não tem a continuação né, já que é duologia. Gostei de ver seu ponto de vista.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Tenho problemas com finais abertos, no entanto sempre falam tão bem dessa autora, que estou cogitando ler sim. Além disso, sempre quis ler algo dela, justamente pelo o que você falou na sua resenha, a escrita é leve e isso cativar o leitor. Acho a premissa dessa série muito interessante e gostaria de conhecê-la. Espero que em breve.

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho muita curiosidade com essa duologia e gostei de ver a sua opinião sobre esse volume. Acho a premissa bem interessante e tenho vontade de ler. Gostei de conhecer mais sobre a história.

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila.
    Essa duologia não me chamou tanto a atenção tanto que deixo a dica desse segundo livro passar também.
    Uma pena que a autora deixou o final de alguns personagens em aberto. Dependendo de como foi, isso também é uma questão que pode me desagradar. Mas em outas situações até entendo quando o autor faz isso. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  12. Não li o primeiro livro, mas vou na certeza que você falou que este volume conseguiu manter o padrão, o que me dá mais coragem para conhecer a série.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu só conhecia Namorado de Aluguel da autora, tenho o livro, mas ainda não li... Adorei a premissa de Fração de Segundos, parece ser interessante, ainda mais quando o livro é narrado por mais de uma pessoa, sempre fica mais interessante de acompanhar. Fico feliz em saber que a escrita da autora é leve. Amei a dica.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Estou seguindo seu blog. Vem conhecer o meu?! Te espero heim 😊
    Adorei sobre essa duologia, não conhecia e me encantei, adoro livros assim...

    ResponderExcluir