Resenha: A Herdeira - Janice Ghisleri



Editora: Planeta Literário
321 páginas
2015
Ebook cedido pela editora

Eles eram milenares, míticos e poderosos, mas foram capturados e tratados como cobaias. Com a ajuda de um cientista foram libertados, e agora lutam para resgatar os últimos lobos e começar uma vida nova.
Noah era o alfa. Apesar de belo é feroz, carregava profundas cicatrizes em seu coração. Por isso, estar perto de Ester era a última coisa que ele podia enfrentar, mas seu beta, Erick, pensaba o contrário.
Tudo estava indo bem para Ester. Ela tinha uma nova casa, além de uma clínica veterinária, é um admirador secreto que lhe enviava flores e presentes, até ela atender um chamado para ajudar um animal ferido. E assim, Ester entrou em um mundo paralelo, onde havia homens altos, fortes, sensuais e com olhos exóticos que jamais havia visto na vida.
Após o choque de descobrir a verdade sobre seu pai, Ester soube que não era uma herdeira normal quando o conteúdo do seu testamento foi revelado. Um deles era um companheiro, e isso teria uma consequência imensa para a sua vida. Porém, nem imagina o que acontecerá quando descobrirem sua verdadeira identidade.
Embarque nessa aventura e descubra qual o mistério que uniu a herdeira aos lobos.
*Sinopse original

"As pessoas não entendem o que é diferente, Ester, e a primeira coisa que querem é destruir ou apoderar-se e lucrar com isso."

Se tem uma coisa que eu adoro é pegar um livro esperando mais do mesmo e acabar sendo completamente surpreendida ao ponto de ficar sem palavras e ter uma dificuldade imensa em expressar tudo o que achei dele. E sim, foi exatamente isso o que aconteceu comigo ao ler o primeiro livro da série "Os Lobos de Ester".


Ester é uma jovem independente que resolveu se mudar e abrir a sua própria clínica veterinária após perder sua mãe em um acidente de carro recente. Tudo muda quando ela é chamada para atender um filhote de lobo com a pata quebrada em uma mansão e acaba entrando em mundo jamais imaginado, além de descobrir verdades em relação ao seu pai que vão redefinir tudo o que ela achava que sabia.

Há tempos eu vejo resenhas positivas a respeito desse livro que me despertaram o interesse na leitura, principalmente por adorar o gênero sobrenatural, mas devo admitir que mesmo com os diversos elogios jamais imaginei que A Herdeira fosse um livro tão bom. Janice conseguiu criar uma história original em meio a uma mitologia já há muito conhecida, misturando elementos de vertentes variadas que resultaram em uma trama única.

Janice tem uma escrita muito gostosa de ler, fluída e bem-humorada que faz as páginas passarem sem nem percebermos. Por ser narrado em terceira pessoa, há diversos pontos de vista além do dos protagonistas que fazem surgir espaço para outras tramas e relacionamentos além do enredo principal. Por conta disso também fica mais fácil termos conhecimento da história e das características de cada personagem, já que há muitos a serem conhecidos.  Além disso, a mitologia da trama é um misto de lendas e magia que convence muito bem, nos fazendo mergulhar nesse mundo sem pensar duas vezes.

Outro ponto positivo é que, apesar de ser uma série, cada volume é fechado, contando a história de outros personagens apresentados neste primeiro livro e trazendo novas tramas.

Um detalhe que eu não me recordava das resenhas que li é que o livro possui muitas cenas sensuais, ou seja, ele é um sobrenatural hot e confesso que amei esse fato, pois é um gênero que gosto muito e no qual a autora se saiu muito bem em cenas que, sem um determinado cuidado, poderiam acabar ficando caricatas.

E o que falar dos personagens que compõem o livro? Haja criatividade para criar tantas personalidades fortes e distintas! Ester é uma protagonista extremamente independente que odeia que interfiram em sua vida e nas suas tomadas de decisão. Gostei muito dela, apesar de a achar bem devagar para ir atrás de respostas para as questões que surgiam a todo momento. Já Noah é aquele "monstro" (falo isso pelo seu tamanho) que sabe ser o mais doce dos homens quando quer. Por conta dos abusos sofridos no passado, ele, de todos os lobos, é o que mais tem dificuldade em ver os humanos como amigos e seguir em frente com a sua vida. Assim, é bem difícil não se compadecer dele e torcer pelo seu final feliz.

"- Não quebre meu coração, Noah. Se o fizer, eu não saberei consertá-lo."

A Herdeira é um livro que me ganhou completamente e sem nenhuma dificuldade, me deixando arrependida por tê-lo lido com tanta rapidez e não ter aproveitado por mais tempo a companhia de uma história tão agradável.

Sobre a série:

A Herdeira é o primeiro livro da série Os Lobos de Ester, que já possui mais três livros publicados: O Despertar, Quando os Lobos Choram e O Alfa de Alamus.

0 comentários:

Deixe seu comentário